FLAVIO CORDEIRO
 

Não faz tanto tempo assim. Ainda vagueiam incômodos por nossa memória os primeiros rumores sobre uma estranha doença que forçou o isolamento radical de uma grande cidade chinesa. Um novo vírus, com alto grau de contaminação e avassalador em seus efeitos sobre nós, humanos. As imagens de uma cidade abandonada se prestaram a cenário aterrorizante de especulações sobre hospitais lotados, número de mortos se multiplicando sob a perplexidade dos cientistas. Nada confortava, tudo emanava gravidade, pavor.

(mais…)