FLAVIO CORDEIRO
 

Estive em Gramado, no XXI Festival de Publicidade, agora em junho de 2017. Por três razões diferentes. Reunião da Fenapro, reunião da CNCS e receber uma homenagem da ALAP, como publicista latino-americano, fato que muito me honrou, certamente. E no meio disto tudo, tem o festival, palestras, eventos paralelos, networking etc, etc, etc…

Mas, quero passar um resumíssimo de duas coisas que vi e que me impactaram bastante. A palestra de abertura, proferida pelo Walter Longo, presidente do Grupo Abril, e o encerramento com a Regina Casé, ambos aplaudidos de pé por cerca de 800 pessoas, inclusive muitos figurões da nossa atividade. (mais…)

 

Falar em transformações em velocidade exponencial parecia analogia, metáfora, hipótese. Mas, olhando para a história, dá para ver que é real. O homem levou seis mil anos entre a invenção da roda e a colocação de algo em cima para ser movimentado por ela, no caso, uma carroça; e outros dois mil anos para pensar em colocar um animal para puxar essa carroça; uns mil e quinhentos anos para trocar o cavalo por um motor (carro); cerca de 100 anos para inserir uma caixa automática neste motor e, nos últimos 50 anos às transformações no carro quase que aparecem anualmente. Bastou imaginar e alguém já está desenvolvendo o carro que se autodirige. Não é ficção científica, é fato. (mais…)